Notícias
Leave a comment

Chamado para atividade preparatória

CONFERÊNCIA POPULAR PELA SOBERANIA E SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL
Semana Mundial da Alimentação

“Comida de Verdade: Por um País sem Fome e uma Alimentação Saudável e Sem Veneno”

O processo preparatório para a Conferência Nacional, Popular, Autônoma: Por Direitos, Democracia, Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional, iniciou depois de diversas medidas de negação e retrocessos em direitos e de violações ao Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA), por parte do atual governo, a exemplo da extinção do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), e da não convocação da Conferência Nacional.

A Conferência Popular é um processo autônomo, que envolve diversos atores e coletivos, inclusive a sociedade civil participante dos conselhos e conferências municipais e estaduais que estão ocorrendo em todo o país. Como forma de ampliar o movimento rumo à Conferência Popular, que acontecerá em maio de 2020, a Comissão Organizadora convoca todas as pessoas que fazem parte de conselhos, fóruns/coletivos/grupos/círculos/pontos de cultura/núcleos de pesquisa e extensão, comprometidos com a Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (SSAN) e o DHAA, a se reunirem em seus municípios e locais de atuação, com o objetivo de fortalecer núcleos de mobilização e promover atividades conjuntas durante a Semana Mundial da Alimentação, que acontecerá entre os dias 14 e 20 de outubro.


Esperamos que durante esta semana o lema “Comida de Verdade: Por um País sem Fome, e uma Alimentação Saudável e Sem Veneno” seja capaz de gerar uma ampla mobilização, que extrapole as fronteiras dos movimentos que já se organizam em torno da agenda da SSAN. Propomos que nesta data seja celebrada a união dos movimentos, do campo e da cidade, e das mais variadas frentes de defesa da democracia e dos direitos humanos econômicos, sociais, culturais e ambientais (DHESCA) e contra o racismo, em torno da Comida de Verdade.

Em um contexto em que se exacerba a disputa de visões sobre as formas de alimentar de forma sustentável e saudável a população nacional e global, é preciso afirmar os princípios e diretrizes construídos no percurso de cinco Conferências Nacionais, e ampliar as muitas vozes que se expressam no Manifesto Comida de Verdade, produzido durante a 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, de 2015.

Estimulamos a realização das mais diversas formas de ativismo alimentar, e a formação de novas alianças com os vários movimentos e pessoas que desejem se somar a este movimento. Recomendamos que sejam chamadas reuniões presenciais, para que as pessoas possam se conhecer, se encontrar e planejar coletivamente as atividades.

Dentre as várias iniciativas possíveis, sugerimos a realização de mais uma rodada nacional de Banquetaços, preparados com alimentos da agricultura familiar e camponesa, de povos e comunidades tradicionais, livres de veneno, reativando a rede já existente e estimulando a formação de novos coletivos em todo o país. E também de rodas de conversa, oficinas de cartazes, dentre outras atividades criativas que, por um lado, chamem a atenção para os problemas da volta da fome, a insustentabilidade dos sistemas alimentares, o desmonte das políticas públicas e dos sistemas de participação social. E que por outro sejam capazes de reverberar o manifesto Comida de Verdade e valorizar a realização da Conferência Nacional, Popular e Autônoma como forma de re-existência e de ampliação de uma agenda positiva sobre os sistemas alimentares que queremos.

Em breve, a Comissão Organizadora compartilhará, no site do Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (www.fbssan.org.br), materiais informativos e metodológicos, disponibilizados por organizações e movimentos do campo da SSAN, que poderão ser adotados pelos núcleos de mobilização. E assim vamos, juntas e juntos, tecendo nossa rede e nos organizando rumo à Conferência Popular.

Baixe e compartilhe a Chamada para a Semana Mundial da Alimentação
Atenciosamente,

Comissão Organizadora

Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Fbssan), Comissão de presidentes de Conselhos Estaduais de Segurança Alimentar e Nutricional, Coletivo de Ex-Presidentes do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável, Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), Articulação do Semiárido Brasileiro (ASA), Ação da Cidadania, Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APN), Banquetaço, Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG), Conselho Federal de Nutricionistas (CFN), Coletivo Indígena, Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (FASE), FIAN Brasil, Instituto Polis, Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (RBPSSAN), Rede de Mulheres Negras para Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional, Slow Food, Via Campesina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *